Dúvidas que talvez você tenha sobre ir para o Canadá

O Canadá finalmente se abre para os turistas depois de manter a fronteira fechada nos últimos 17 meses, mas as coisas ainda não voltaram totalmente ao normal.

No início de julho, a reabertura gradual da fronteira canadense começou com viajantes totalmente vacinados isentos. Então, em 19 de julho , a Health Canada anunciou que as restrições seriam ainda menos rígidas em 9 de agosto.

Em 7 de setembro, esperamos que a fronteira seja reaberta para turistas totalmente vacinados de todos os países. Claro, ainda estamos em uma pandemia e essas medidas estão sujeitas a alterações.

Mas com o que sabemos por enquanto, respondemos a algumas das perguntas mais populares da internet sobre como ir ao Canadá ainda este ano.

Quando vão retomar a viagem para o Canadá?

A fronteira se abre para turistas totalmente vacinados dos Estados Unidos desde o dia 9 de agosto. Eles precisam ser cidadãos americanos e residentes permanentes (green card). Residentes temporários nos Estados Unidos, como estudantes internacionais, terão que esperar até 7 de setembro, quando o Canadá está programado para receber turistas totalmente vacinados do restante do mundo.

As viagens serão retomadas para viajantes totalmente vacinados de todos os países em 7 de setembro. Obviamente, esta data está sujeita à natureza mutante da pandemia. O governo está sempre monitorando a situação do coronavírus no Canadá e no exterior.

Quanto aos turistas não vacinados, o primeiro-ministro do Canadá disse que vai demorar “um bom tempo” antes que esses viajantes possam chegar.

Como o Canadá define viajantes vacinados “totalmente”?

Atualmente, o Canadá só o considera “totalmente” vacinado se você recebeu a dose total recomendada de uma vacina de um fabricante aprovado pela Health Canada. Existem quatro: AstraZeneca, Pfizer, Moderna e Janssen (Johnston & Johnson).

Além disso, devem ter decorrido duas semanas entre a injeção final e a tentativa de atravessar a fronteira. Caso contrário, você corre o risco de ser considerado “não totalmente vacinado”, o que pode resultar em ser rejeitado na fronteira ou ter que ficar em quarentena.

Eu preciso ficar em quarentena?

Depende. Todos que vão ao Canadá ainda precisam chegar com um plano de quarentena, caso o oficial determine que eles devem se isolar por 14 dias. A decisão final sobre quem deve colocar em quarentena cabe aos policiais na fronteira.

Desde 5 de julho, viajantes totalmente vacinados que estão isentos de restrições de viagem não precisam mais ficar em quarentena. Os viajantes isentos incluem canadenses, familiares, trabalhadores e estudantes internacionais. Desde que apresentem um teste COVID-19 negativo na fronteira, eles também estão isentos do teste do oitavo dia, que normalmente é exigido de pessoas em quarentena.

As regras mudaram desde o dia 9 de agosto. Viajantes totalmente vacinados não precisarão mais fazer o teste COVID-19 na fronteira, a menos que sejam submetidos a testes aleatórios.

Também desde o dia 9 de agosto, a quarentena obrigatória do hotel não estará mais em vigor. Até então, no entanto, os viajantes não vacinados ainda terão que ficar em um hotel aprovado pelo governo para aguardar os resultados de seu teste de chegada.

A viagem para o Canadá exigirá a vacina COVID-19?

Depende do propósito da sua viagem e se você está ou não isento de restrições de viagem. Se você está vindo por um motivo essencial, mas não está totalmente vacinado aos olhos do governo, provavelmente terá que passar por medidas de quarentena e testes.

Se você está vindo por um motivo não essencial – como turismo ou compras – você precisará estar totalmente vacinado, por enquanto.

E se eu for parcialmente vacinado ou totalmente vacinado com uma vacina não aprovada no Canadá?

Neste momento, você ainda estará sujeito às mesmas medidas que os viajantes não vacinados. Para vir para o Canadá, você terá que estar isento de restrições de viagem e se submeter a todos os requisitos de teste e quarentena.

E se eu não for vacinado?

Os viajantes isentos, como cidadãos canadenses, residentes permanentes, familiares, trabalhadores, a maioria dos estudantes internacionais e outros viajantes essenciais ainda podem cruzar a fronteira se não forem vacinados.

Eles terão que fazer testes antes da chegada, testes na chegada e testes do dia oito enquanto estiverem em quarentena. No entanto, desde 9 de agosto, eles não precisam mais ficar em um hotel aprovado pelo governo às suas próprias custas enquanto aguardam os resultados do teste de chegada.

Até novo aviso, turistas não vacinados não estão autorizados a ir ao Canadá.

E se eu não puder ser vacinado devido a um problema de saúde?

A Health Canada disse que se você tiver uma condição que, de acordo com o rótulo da vacina, torne inseguro para você ser vacinado, você também pode se qualificar para quarentena facilitada.

Em vez disso, talvez você precise seguir uma quarentena modificada. Mais detalhes sobre isso estão em breve.

O que é “viagem essencial” para o Canadá?

“Viagem essencial” abrange pessoas que estão viajando para o Canadá a trabalho, serviços de emergência, reunificação familiar ou se você for um cidadão canadense ou residente permanente. Os alunos internacionais que vão para instituições aprovadas também se enquadram neste grupo.

Essas pessoas geralmente foram isentas de restrições de viagem durante a pandemia, começando em momentos diferentes para alguns. Em outubro de 2020, o Canadá expandiu a definição para incluir estudantes internacionais, parentes e aqueles que viajam por motivos de compaixão, como um funeral.

O que é uma prova aceitável do status de vacinação?

Qualquer prova oficial de vacinação fornecida por seus profissionais de saúde provavelmente servirá, contanto que seja em inglês ou francês (aqui inclui o certificado nacional de vacinação emitido pelo Connect SUS). Se for em qualquer outro idioma, você deve enviar uma tradução certificada para ArriveCAN, mas não o original. No entanto, você deverá manter o comprovante original de vacinação e a tradução juramentada com você durante a viagem.

Antes de chegar à fronteira, você precisará carregar seus documentos usando ArriveCAN. Você terá que fornecer os documentos listados na página do governo, que incluem:

  • detalhes de sua primeira dose, como data, país e fabricante da vacina;
  • detalhes da sua segunda dose, se necessário; e
  • uma foto ou arquivo PDF do registro de cada dose, como recibos, cartões ou confirmações.

Detalhes mais específicos estão disponíveis no site de viagens do Canadá. Por exemplo, ele dirá que geralmente desejam a versão em PDF, se estiver disponível, uma vez que é mais clara. Há também uma seção sobre a solução de problemas de comprovação de vacinação no ArriveCAN.

Além disso, o governo pede que você traga o comprovante de vacinação original enquanto viaja.

Se o seu comprovante de vacinação não atender a todos os requisitos do governo, as autoridades podem considerá-lo inválido e solicitar que você preencha os requisitos de quarentena e teste regulares para viajantes não vacinados.

Estou viajando com meus filhos que não podem ser vacinados. Eles têm que colocar em quarentena?

Desde o dia 9 de agosto, as crianças que forem com adultos totalmente vacinados não precisarão ficar em quarentena. Em vez disso, eles são solicitados a evitar configurações de grupo por 14 dias.

turismo no Canadá

O que preciso fazer antes de viajar para o Canadá?

A lista de verificação oficial para viajantes está no site do governo. Mas em poucas palavras:

Todos os viajantes com cinco anos ou mais precisam de um teste antes da chegada, feito 72 horas antes da entrada planejada. No caso de viajantes aéreos, até 72 horas antes da partida de seu último voo direto para o Canadá.

Você também precisa usar o ArriveCAN para enviar seus documentos dentro de 72 horas antes de chegar ao Canadá. Ele está disponível como um aplicativo móvel ou online. Todas as informações estão disponíveis no site do governo. De modo geral, você precisa de suas informações de contato, propósito da viagem, data de chegada, aeroporto de entrada, histórico de viagens, plano de quarentena e outros. Você receberá um recibo assim que enviar todas as suas informações para mostrar ao oficial de fronteira quando chegar. Se algum dos detalhes da sua viagem mudar depois de enviar suas informações, você terá que começar de novo.

Essas medidas COVID são adicionais às medidas regulares sobre os viajantes que chegam ao Canadá. A menos que você seja de um país isento de visto, você precisará de um Visto de Residente Temporário para ir ao Canadá. Aqueles que são de países isentos de visto precisarão de uma Autorização Eletrônica de Viagem. Os viajantes americanos também não precisam.

E se o resultado do teste for positivo após a recuperação do COVID-19?

Algumas pessoas que se recuperaram do COVID-19 continuam a dar resultado positivo, embora não sejam mais infecciosas. Esses viajantes devem fornecer prova de um teste molecular COVID-19 positivo realizado entre 14 e 90 dias antes da partida programada. A partir de 9 de agosto, eles aceitarão testes positivos com até 180 dias.

Gostou desse texto? Então compartilhe com quem precisa saber também!

Deixe seu comentário