Os segredos do sistema de saúde do Canadá

O sistema de saúde do Canadá é uma das principais dúvidas/curiosidades quando se planeja morar no país. É considerado um dos melhores que existem, mesmo assim quem pretende se mudar para o Canadá tem suas incertezas e questões. Como é diferente do Brasil, como resultado há muitas informações novas para assimilar e por isso pode surgir algumas dúvidas. Portanto acompanhe este artigo para  entender um pouco mais sobre o assunto.

Como funciona o sistema de saúde no Canadá?

O Canadá tem um sistema de saúde com financiamento público, mas a grande maioria dos médicos não trabalha para o governo. Muitas vezes as pessoas se referem ao “sistema de saúde canadense”, quando não existe somente um sistema. Na verdade há um sistema para cada província ou território. O Canada Health Act diz que os serviços de saúde básicos devem ser universais e acessíveis por meio de médicos e centros médicos hospitalares através do país.

Os serviços não são iguais em todo o país

A Lei de Saúde Canadense (Canada Health Act) garante que os serviços médicos e hospitalares essenciais são pagos pelo governo. Mas há uma variação entre as províncias para o que é considerado um “serviço de saúde essencial” – e mesmo quem é responsável pelo cuidado ou onde o atendimento pode ser realizado. A Lei não cobre medicamentos, cuidados e atendimento domiciliar ou cuidados de longa duração. Como resultado, cada província deve encontrar uma maneira para lidar com esse problema.

Os cuidados com a saúde no Canadá vem tanto do financiamento público e quanto da iniciativa privada. Ou seja, o sistema de saúde pública possui uma extensa lista de médicos credenciados e centros médicos e hospitalares prontos para atender a população, todos eles entre os melhores do mundo.

As regras de cada província

  • Saúde em Ontario

O OHIP (Ontario Health Insurance Plan) é um sistema público de saúde, que consequentemente traz vantagens para canadenses e residentes, como a cobertura completa de emergências médicas. O sistema de saúde em Ontário é dividido em setores: as clínicas são responsáveis por fazer a triagem das emergências médicas que devem ser enviadas aos hospitais ou que podem ser tratadas com medicamentos. Também existe o atendimento por telefone para dúvidas comuns e clínicas especializadas em tratamentos específicos como fertilidade, vícios, câncer, doenças mentais, etc.

Para novos moradores da província há a espera de 3 meses desde a chegada na região até que o seu cartão de saúde esteja válido. Portadores de Work Permit de, no mínimo 6 meses, tem direito ao sistema de saúde de Ontario caso trabalhem full-time. Além disso, também tem direito os residentes permanentes, aplicantes para a residência permanente que tenham conseguido o direito para aplicação no processo e se você for a esposa ou esposo (ou filho) de uma pessoa elegível para o OHIP.

Saiba mais em: http://www.health.gov.on.ca/en/

  • Saúde em Quebec

No Québec, os serviços de saúde e serviços sociais estão agregados em uma única administração chamada de Régie de l’assurance maladie du Québec – RAMQ. Este regime cobre todos os atendimentos médicos essenciais em clínicas e hospitais, exceto alguns tratamentos especiais, como procedimentos estéticos. Medicamentos com prescrição médica podem ser pagos parcialmente pelo seguro-saúde público.

Tem direito ao sistema público de saúde no Quebec as pessoas nascidas na província,  pessoas de outra província canadense que residem no Quebec, residentes permanentes, residentes temporários (trabalhadores). Caso tenha direito, há um período de espera de até 3 meses após a data do registro. Este “período de espera” se aplica a todos os pedidos, então é recomendado fazer a solicitação assim que for elegível e ter um seguro privado durante esse tempo de espera.

Estudantes internacionais não têm direito ao sistema de saúde público da província. Como resultado o seguro privado precisa ser feito para todos da sua família. A partir do momento que o estudante recebe seu PGWP (Post Graduate Work Permit), ele tem acesso ao sistema de saúde do Quebec.

Saiba mais em: https://www.quebec.ca/sante/systeme-et-services-de-sante

  • Saúde em British Columbia

Em British Columbia, o sistema de saúde do governo é o Medical Services Plan (MSP). Os estudantes internacionais com uma permissão de estudo válida por um período de seis meses ou mais podem solicitar o MSP assim que chegarem à British Columbia. Antes do início da cobertura da assistência há um período de espera que consiste no saldo do mês em que residência é estabelecida, mais dois meses. Portanto os estudantes internacionais devem ter seguro privado até esse período de espera termina e a cobertura provincial começa.

Têm direito ao sistema todos os cidadãos canadenses, imigrantes, refugiados assistidos pelo governo, estudantes internacionais e trabalhadores temporários. Ao fazer a solicitação, o estudante recebe pelos correios o cartão do seguro (BC Health Card) e o boleto de pagamento. O MSP cobre grande parte dos gastos com saúde como médicos, exames e tratamentos, mas é importante lembrar que não cobre exames de rotina que não tenham finalidades médicas como, por exemplo, aqueles realizados para testes de seguro de vida, carteira de motorista, imigração ou emprego.

Saiba mais: www.gov.bc.ca/msp

  • Saúde em Alberta

O sistema de saúde da província de Alberta é o Alberta Health Care Insurance Plan (AHCIP) e além de canadenses e residentes permanentes, residentes temporários, que planejam morar na província por um ano ou mais, também têm direito. Ou seja, ele é válido para vistos de estudo e trabalho, desde que a pessoa permaneça em Alberta por, no mínimo, 12 meses.

O AHCIP oferece cobertura para hospitais e clínicas públicas, alguns serviços de saúde cirúrgicos e orais específicos. No entanto, é o profissional de saúde é quem determina quais serviços são considerados medicamente necessários para os segurados.

Saiba mais em: http://www.health.alberta.ca/AHCIP

  • Saúde em Manitoba

Na província de Manitoba, o sistema de saúde é o Manitoba Health. O benefício é concedido a cidadãos canadenses, residentes permanentes e temporários que possuam uma permissão de estudo por no mínimo seis meses ou uma permissão de trabalho de, no mínimo, 12 meses. Se o aplicante principal tiver esposa(o) e filhos, esses também podem usufruir do benefício.

Se for elegível, então você tem direito ao sistema a partir do terceiro mês de permanência na província. Por isso, é importante ter um seguro saúde privado para esse período inicial.  O Manitoba Health não cobre exames para trabalho, carteira de motorista, seguro, viagem e imigração, serviços que não forem pedidos por um médico, além de remédios, vacinas, enfermeira pessoal, fonoaudiólogos, terapia ocupacional, entre outros.

Saiba mais em: http://www.gov.mb.ca/health/

  • Saúde em New Brunswick

O sistema de saúde de New Brunswick é chamado de New Brunswick Medicare. Ele é voltado somente para canadenses, residentes permanentes e moradores da província com visto de trabalho que mostrem que a província será sua casa por um período mais longo de tempo. O acesso ao seguro saúde se dá após o terceiro mês da aplicação.

Dessa forma, estudantes internacionais devem ter, obrigatoriamente, durante todo o período de estudo um seguro privado. No entanto, os colleges públicos oferecem o seguro saúde aos seus estudantes já incluído nos valores a serem pagos.

Saiba mais em: https://www2.gnb.ca/

  • Saúde em Prince Edward Island

O sistema de saúde em Prince Edward Island é ligado à rede de saúde canadense pública de saúde. Ele dá direito a atendimento em hospitais, clínicas “walk-ins”(onde você pode ser atendido por médicos sem precisar agendar consultas). E também dá direito ao Médico de Família, que é o profissional que acompanha cada membro da sua família ao longo dos anos. Para ter acesso ao cartão do sistema de saúde na província é preciso estar legalmente no Canadá e morar na província por no mínimo 6 meses e 1 dia por ano.

Estudantes internacionais (sem visto de trabalho) e turistas não têm direito ao sistema de saúde pública da província.  Acompanhantes também têm direito a receber a carteira de seguro saúde, nesse caso.

Saiba mais em: http://www.gov.pe.ca/health/

  • Saúde em Nova Scotia

O sistema de saúde de Nova Scotia está ligado à rede de saúde pública canadense e é tem clínicas emergenciais de saúde, onde os primeiros contatos com pacientes são feitos, além de hospitais e centros de tratamento intensivo com foco em tratamento do câncer, drogas, doenças sexualmente transmissíveis, mentais e assistência a idosos ou pessoas que precisam de tratamento em casa.

Residentes temporários com Permissão de Trabalho com validade maior que um ano podem ter acesso à saúde pública. Para manter acesso à saúde, o trabalhador não pode ausentar-se da província por mais de 31 dias, com exceções de viagem a trabalho. Estudantes internacionais que permanecerão na província por mais de 12 meses têm direito ao Cartão de Saúde, apenas a partir do 13 ° mês de validade do visto.

Saiba mais em: http://novascotia.ca/

Resumindo

As funções do governo federal na área da saúde incluem estabelecer e administrar princípios nacionais para o sistema sob a Lei de Saúde do Canadá; apoio financeiro às províncias e territórios; e outras funções, incluindo financiamento e prestação de serviços a certos grupos de pessoas.  A Lei de Saúde do Canadá ainda estabelece critérios e condições que devem ser atendidos pelas províncias para que recebam transferências federais em apoio à saúde.

O governo federal também é responsável pela proteção e regulamentação da saúde (por exemplo, regulamentação de produtos farmacêuticos, alimentos e dispositivos médicos), segurança do consumidor e vigilância e prevenção de doenças. Além de fornecer apoio à promoção e pesquisa em saúde.

Agora que você já conhece como funciona o sistema de saúde nas principais províncias no Canadá, então você já pode incluir esta característica na avaliação de qual cidade você vai morar no Canadá.

Quer ajuda com o seu plano Canadá? Entra em contato com a My Intercâmbio. Vamos te ajudar a tirar este projeto do papel!

Deixe seu comentário